Ekoa Educação

O que faz um Analista Ambiental? Conheça a profissão!

23/05/2022

 


o-que-faz-um-analista-ambiental


Analista ambiental: conheça a profissão, suas atribuições e mais!

A Gestão Ambiental é definida como uma área que administra uma gama de atividades econômicas e sociais visando formas de gerir os recursos naturais e sustentabilidade.

Por isso, essa é uma área que tem crescido muito nos últimos anos, a preocupação da manutenção dos recursos naturais fundamentais que precisamos deixar para as próximas gerações é evidente. Nesse sentido, são os analistas ambientais os profissionais que atuam de forma que esses recursos vitais sejam preservados de forma sustentável.

Mas o que faz um analista ambiental? Você está pensando em investir nessa profissão? Acompanhe nosso post e saiba quais são as atribuições desses profissionais!

Afinal, o que faz um analista ambiental?

O analista ambiental, geralmente, é o profissional formado no curso de Engenharia Ambiental e cursos similares que formam o indivíduo para esse campo de atuação.

De forma geral, ele exerce as atividades de planejamento ambiental, organizacional e estratégico para execução das políticas nacionais de meio ambiente formuladas no âmbito da União, em especial as que se relacionem com as seguintes atividades: regulação, controle, fiscalização, licenciamento e auditoria ambiental.

Dentre as atribuições desse profissional, podemos destacar as seguintes funções:

Administração de processos para obtenção de licenças e autorizações

Nas esferas municipal, estadual e federal existem processos definidos para que as empresas obtenham licenças e autorizações para efetuarem suas atividades caso elas dependam da extração e utilização de recursos naturais ou necessitem construir em locais que irão interferir no meio ambiente.

O processo de licenciamento começa pelo formulário de caracterização de atividade (FCA) que consta informações que darão subsídio para os processos de triagem e definição do escopo do projeto que necessita da licença para ser colocado em prática.

Após o envio da FCA, é instaurado um processo administrativo no órgão responsável. A empresa receberá um número do processo, o qual deve ser cadastrado no portal do Governo Federal.

Elaboração do Diagnóstico Ambiental

O Diagnóstico Ambiental é uma das principais atividades do analista do meio ambiente, visto que é esse documento que dará a base de informações relevantes para a elaboração de um projeto com possíveis impactos ambientais. Ele consiste no levantamento de dados sobre a situação e percepção dos elementos ambientais de um determinado local.

Esse diagnóstico deve levar em conta a legislação, assim como a indicação de medidas ambientais preventivas e corretivas. De acordo com o CONAMA Nº 001, o Diagnóstico Ambiental deve trazer a descrição e análise dos recursos ambientais e suas interações antes da implantação do projeto, sempre considerando:

  • Meio físico: ao trazer as informações acerca dos meios físicos, o analista deve analisar o subsolo, o ar, as águas o clima, com informações dos recursos minerais, tipos de solo, regime hidrológico, correntes marinhas, as correntes atmosféricas, topografia, entre outros;
  • Meio biológico: o analista ambiental deve trazer as informações necessárias sobre os ecossistemas naturais, como a fauna e a flora local. Isso porque é preciso preservar as espécies com valor científico e econômico ou ameaçadas de extinção, assim como considerar áreas de preservação permanente;
  • Meio socioeconômico: o analista deve averiguar o uso e ocupação do solo, o uso dos recursos hídricos, considerando monumentos arqueológicos e sítios, históricos e culturais de uma sociedade local. Nesse aspecto, também devem ser consideradas relações de dependência econômica existente entre comunidade e os recursos ambientais, assim como a potencial utilização desses recursos.

Elaboração do Plano de Controle Ambiental

 

Outra função do analista ambiental é a elaboração do Plano de Controle Ambiental (PCA), que tem como objetivo identificar e propor medidas atenuar os impactos gerados por empresas de médio porte.

A elaboração do PCA é feita durante o pedido de Licença de Instalação (LI) que deve ter todas as informações do empreendimento e sua inserção no meio ambiente, assim como deve conter as medidas compensatórias para a preservação do meio ambiente. Ele também deve descrever eventuais compatibilidades e incompatibilidades de acordo com as normas legais aplicáveis ao tipo de empreendimento ou atividade exercida.

O Plano de Controle Ambiental é exigido pelo CONAMA nº 009/90 para a que a Licença de Instalação seja concedida para as atividades de extração mineral para todas as classes.

Entenda mais também sobre Consultoria Ambiental aqui!

Elaboração relatórios de controle para os órgãos ambientais

Outra atribuição dos analistas ambientais é a elaboração de relatórios acerca do impactos dos projetos e atividades empresariais para que esses processos possam ter a sua continuidade assegurando que os recursos naturais sejam preservados. Um desses documentos é o Relatório de Controle Ambiental (RCA), um relatório com as informações que viabilize o empreendimento a ser licenciado.

Essas informações são obtidas por meio de estudos dos aspectos ambientais, que analisa localização, instalação, operação e ampliação de atividades ou empreendimentos, certificando que esses não irão gerar impactos ambientais significativos. Além disso, essas informações também indicam a caracterização do local em que será instalado e/ou executado o projeto.

Reuniões de abertura e de encerramento, follow-up

 

Ao realizar a gestão ambiental, o profissional também deve ter conhecimento para a realização de uma auditoria interna por meio de um sistema de gestão ambiental, assim como participar de todas as reuniões de abertura e de encerramento, follow-up das ações desenvolvidas nos projetos em execução.

Ele também é responsável por fazer a análise de documentação legal ambiental e auditorias conforme exige a legislação para fornecedores e prestadores de serviços. Também está dentro das suas atribuições a realização da divulgação da política ambiental, da classificação dos impactos ambientais e da legislação ambiental aplicável.

O analista ambiental também podem ser o profissional responsável por programar e manter o sistema de gestão ambiental que se relaciona com todas as outras áreas de uma empresa, realizando registros ambientais, redações e avaliações técnicas dos procedimentos e instruções de trabalhos ambientais.

Ministração de treinamentos e desenvolvimento de programas de educação ambiental

Também está entre as responsabilidades de um analista ambiental a elaboração de treinamentos, cursos e consultorias públicas ou privadas para a sociedade, empresas e órgãos públicos de fiscalização ambiental para promover a consciência ambiental.

Nestes treinamentos e trabalhos de comunicação e conscientização ambiental, o profissional pode apresentar como são realizadas as inspeções ambientais, o monitoramento de amostras de água e solo e o controle e atualização da licença ambiental que são exigidos pelos órgãos de fiscalização ambiental e vigilância sanitária.

O analista também deve ser capaz de desenvolver e implantar projetos que promovam a redução de impactos sobre o meio ambiente por meio da promoção de treinamento de capacitação de funcionários que fazem parte da gestão ambiental e também com outras áreas dentro de uma empresa.

Como se tornar um analista ambiental?

Para se tornar esse profissional e tenha um excelente desempenho como analista ambiental, é fundamental que o indivíduo tenha uma graduação em qualquer área de formação (para concursos que não exigem formações específicas).

No entanto, existem cursos universitários e técnicos que preparam o profissional muito melhor para a profissão, como a Engenharia Ambiental e o curso de Gestão Ambiental, além de diversos cursos livres com carga horária reduzida que possuem certificados válidos muito úteis para a atuação do profissional da área de análise ambiental.

Ao realizar esses cursos mais direcionados, o profissional também estará muito mais preparado para prestar as provas de concursos públicos da área.

Quanto ganha um analista ambiental?

A média salarial para analista ambiental no Brasil é de R$ 3.643,00, que pode iniciar ganhando R$ 2.632,00 de salário e chegar até R$ 5.158,00, considerando a esfera privada. Mas existem diversos concursos que oferecem diferentes faixas salariais, conforme nível de atuação na esfera pública.

O Ibama, por exemplo, é o órgão público que oferece o maior salário para a área, que pode chegar até R$ 12.468,70, de acordo com a progressão por merecimento e tempo de serviço no cargo.

Onde atua um analista ambiental?

A área de atuação do analista ambiental é vasta e ele pode atuar em empresas, indústrias e organizações com atividades que tenham potencial de impacto ambiental. E, como falamos no tópico anterior, o profissional também pode trabalhar como empregado público em órgãos governamentais, como o próprio Ibama e as Secretarias de Meio Ambiente de estados e municípios.

E aí, o que você achou das atribuições do analista ambiental? Quer se preparar para essa profissão que tem tudo para estar em evidência por muitas décadas? Conheça os livros e cursos on-line da plataforma Ekoa e tenha materiais de qualidade para sua preparação!

#